Gigante verde

Fabricantes de canteiros de jardim elevados em metal

Evite 10 erros ao construir uma estrutura fria para cama elevada

Como construir uma estrutura fria para canteiro elevado para o seu jardim

Uma estrutura fria de canteiro elevado é uma excelente opção para jardineiros que desejam proteger suas plantas das intempéries e prolongar sua estação de cultivo. O canteiro elevado proporciona drenagem adicional e permite um acesso mais fácil às plantas. Veja como construir um cama elevada estrutura fria para o seu jardim:

Primeiro, escolha um local para a estrutura fria da cama elevada que receba pelo menos seis horas de luz solar direta diariamente. Certifique-se de que a área esteja nivelada e com boa drenagem.

A seguir, selecione o materiais para sua cama elevada. O cedro ou a sequoia são populares porque são naturalmente resistentes ao apodrecimento, mas a madeira não tratada funciona. Corte a madeira no comprimento e altura desejados para sua moldura fria.

Monte a moldura aparafusando as placas nos cantos. Certifique-se de que a estrutura esteja firme e nivelada.

Adicione uma camada de barreira contra ervas daninhas na parte inferior da moldura fria para evitar que ervas daninhas cresçam no interior. Em seguida, preencha a moldura com terra até a profundidade desejada.

Por fim, adicione uma tampa de plástico transparente ou vidro na parte superior da moldura fria, segurando-a em uma extremidade para facilitar o acesso. Você também pode adicionar alças para facilitar a colocação e retirada da tampa.

Parabéns, agora você construiu uma estrutura fria para canteiro elevado para o seu jardim! Comece a plantar suas culturas favoritas tolerantes ao frio, como alface, espinafre e couve, para uma estação de cultivo prolongada.

Dicas para construir uma estrutura fria resistente

Para garantir que sua estrutura fria possa suportar condições climáticas adversas e durar anos, é essencial construí-la adequadamente. Aqui estão algumas dicas para criar uma estrutura rígida e resistente:

• Use materiais resistentes como cedro ou pau-brasil para garantir que a estrutura seja forte o suficiente para suportar o peso da cobertura e qualquer neve ou gelo que possa se acumular sobre ela.

• Certifique-se de nivelar o solo onde a estrutura fria ficará para evitar que ela tombe.

• Se você mora em uma área com ventos fortes ou neve intensa, considere adicionar reforços à estrutura para mantê-la estável.

• Use parafusos ou pregos resistentes às intempéries para evitar ferrugem e corrosão.

Escolhendo o local certo para sua estrutura fria

Escolher o local certo para sua moldura fria é crucial para seu sucesso. Aqui estão algumas coisas a serem consideradas ao selecionar um local para sua moldura fria:

• Escolha um local que receba pelo menos seis horas de luz solar direta diariamente para garantir que suas plantas recebam a luz necessária para crescer.

• Certifique-se de que a área tenha uma boa drenagem para evitar acúmulo de água dentro da estrutura fria.

• Considere o seu layout do jardim e escolha um local que seja conveniente para você acessar.

• Se possível, escolha um local protegido de ventos fortes para evitar que o quadro tombe.

Quais materiais são melhores para construir uma estrutura fria?

Vários materiais podem ser usados para construir uma moldura fria. Aqui estão alguns dos materiais mais comuns e seus benefícios:

• Madeira: A madeira é uma escolha popular porque é acessível e fácil de trabalhar. O cedro e a sequóia são escolhas populares porque são naturalmente resistentes ao apodrecimento.

• Blocos ou tijolos de concreto: Esses materiais são resistentes e duráveis, mas podem ser pesados e difíceis de mover.

• PVC: O PVC é leve e fácil de trabalhar, mas pode não ser tão durável quanto outros materiais.

• Vidro ou plástico transparente: Esses materiais permitem o máximo de luz solar e calor, mas podem ser caros e frágeis.

Compreendendo o tamanho e a altura ideais para uma moldura fria

O tamanho e a altura ideais para uma moldura fria dependem das suas necessidades e das culturas que você planeja cultivar. Aqui estão algumas diretrizes gerais a serem seguidas:

• A estrutura deve ter quinze centímetros de profundidade para fornecer solo suficiente para o crescimento das plantas.

• A altura do a estrutura deve ser alta o suficiente para acomodar as plantas você planeja crescer, mas não mais do que 60 centímetros para garantir ventilação adequada.

• O a moldura deve ser larga o suficiente para facilitar o acesso às suas plantas mas não mais do que um metro e meio para facilitar o alcance.

Garantindo ventilação adequada em sua estrutura fria

A ventilação adequada é essencial para a saúde das suas plantas e para evitar o sobreaquecimento no interior da câmara fria. Aqui estão algumas maneiras de garantir ventilação adequada em sua estrutura rígida:

• Use uma tampa articulada ou deslizante para facilitar a ventilação em dias quentes.

• Abra a tampa com um pedaço de pau ou cunha para permitir a circulação do ar.

• Se a sua tampa não tiver ventilação, você pode criar uma fazendo vários furos pequenos nas laterais da moldura. 

• Evite sobrelotar as suas plantas, o que pode levar a uma má circulação de ar.

Erros comuns a evitar ao usar uma moldura fria

Erros comuns a evitar ao usar uma moldura fria

Uma moldura fria é um excelente complemento para o seu jardim, mas muitos jardineiros cometem erros ao usá-los. Evite esses erros comuns para garantir que suas plantas prosperem em ambientes frios.

1. Construir muito amplo: evite fazer canteiros elevados muito amplo, pois pode levar à compactação do solo e dificultar o acesso ao meio do canteiro.

2. Rega excessiva: A rega excessiva pode causar apodrecimento das raízes e problemas de saúde das plantas. Certifique-se de fornecer a quantidade certa de água que suas plantas precisam.

3. Não planejar a rega: Planejar como regar seu jardim é essencial. Isso pode ajudá-lo a evitar muitos problemas comuns de jardinagem.

4. Escolhendo o local errado: Selecione um local com luz solar adequada e boa drenagem. O local errado pode afetar a saúde e o crescimento de suas plantas.

5. Não considerando a drenagem: Canteiros elevados oferecem melhor drenagem do que os tradicionais jardim camas, mas ainda é importante considerar esse fator ao construí-las.

6. Negligenciar a qualidade do solo: A qualidade do solo em seu canteiro elevado é crucial. Use uma mistura de solo superficial, composto e outros aditivos para obter melhores resultados.

7. Não fazer rotação de culturas: A rotação de culturas é essencial para manter a saúde do solo e prevenir pragas e doenças. Certifique-se de virar suas colheitas a cada temporada.

8. Falta de controle de pragas: Canteiros elevados podem reduzir o risco de pragas, mas não eliminá-las. Verifique regularmente se há problemas e tome as medidas necessárias.

9. Ignorando o espaçamento entre plantas: Garanta espaço adequado entre as plantas para crescimento adequado e circulação de ar.

10. Não manter sua cama elevada: A manutenção regular, incluindo rega, verificação de pragas e reposição de nutrientes do solo, é crucial para o sucesso do seu cultivo. jardim de cama.

Dicas para hibernar com sucesso as plantas em um ambiente frio

Dicas para hibernar com sucesso as plantas em um ambiente frio

As molduras frias podem ser uma excelente ferramenta para prolongar a temporada de jardinagem, mas preparar adequadamente as plantas para o inverno é crucial. Aqui estão algumas dicas para passar o inverno com sucesso em plantas em um ambiente frio.

Escolhendo as plantas certas para passar o inverno em um ambiente frio

Nem todas as plantas são adequadas para passar o inverno em ambientes frios. Os melhores candidatos são aqueles que são resistentes à sua zona de cultivo e podem sobreviver a temperaturas congelantes. Alguns exemplos incluem couve, couve, espinafre e certos tipos de alface. Certifique-se de escolher variedades adequadas ao clima local e de ter tempo suficiente para amadurecer antes da primeira geada forte.

Fornecendo proteção adequada contra temperaturas congelantes

Embora as molduras frias protejam contra temperaturas congelantes, é essencial tomar medidas adicionais para garantir que suas plantas permaneçam aquecidas. Uma maneira de fazer isso é adicionar isolamento nas laterais e na parte inferior da estrutura fria. Você pode usar fardos de palha, espuma isolante ou feno para criar uma barreira entre as plantas e o solo frio. Outra opção é adicionar uma camada de cobertura de linha ou pano gelado sobre as plantas dentro da moldura fria.

Usando cobertura morta para isolar plantas durante o inverno

A cobertura morta é outra forma eficaz de isolar as plantas durante o inverno. Materiais orgânicos como palha, folhas e lascas de madeira podem ajudar a regular a temperatura do solo e reter a umidade. Espalhe uma espessa camada de cobertura morta sobre o solo dentro da estrutura fria para fornecer proteção extra às plantas. Apenas certifique-se de deixar um pequeno espaço ao redor da base das plantas para evitar o apodrecimento.

Monitorando os níveis de umidade na estrutura fria durante o inverno

Monitorar os níveis de umidade em sua estrutura fria durante o inverno é fundamental. Embora você queira manter o solo ligeiramente úmido, o excesso de umidade pode causar doenças fúngicas e apodrecimento das raízes. Use um medidor de umidade ou enfie o dedo no chão para verificar o nível de umidade. Se o solo parecer seco, regue levemente as plantas. No entanto, tente não regar em excesso, pois isso pode ser tão prejudicial quanto a falta de água.

Utilizando métodos de aquecimento adicionais, se necessário

Às vezes, pode ser necessário fornecer aquecimento adicional à sua estrutura fria. Se as temperaturas caírem abaixo de zero por um longo período, pode ser necessário usar um aquecedor ou lâmpada de aquecimento para manter as plantas aquecidas. Certifique-se de seguir todas as precauções de segurança ao usar qualquer elemento de aquecimento em sua estrutura fria. Além disso, certifique-se de que o elemento de aquecimento não esteja muito próximo das plantas e desligado durante o dia quando a temperatura subir.

Prolongando a estação de cultivo com um quadro frio

Prolongando a estação de cultivo com um quadro frio

Uma moldura fria é uma excelente forma de prolongar a estação de cultivo e proteger as plantas de condições climáticas adversas. Ao criar um ambiente protegido, os jardineiros podem manter suas plantas saudáveis e produtivas até o outono e início do inverno. O design básico da moldura fria é uma caixa sem fundo com teto transparente que permite que a luz solar alcance as plantas. Uma estrutura fria bem construída pode fornecer um ambiente de crescimento estável para as plantas, permitindo-lhes crescer mesmo quando as temperaturas externas caem.

Começando as sementes no início do quadro frio

Uma das principais vantagens de usar uma moldura fria é que ela permite que os jardineiros plantem as sementes no início da primavera. As plantas podem germinar e crescer antes de serem transportadas para fora, semeando as sementes diretamente no solo da estrutura fria. Isso significa que os jardineiros podem começar a estação de cultivo e desfrutar de produtos frescos no início do ano. Além disso, iniciar as sementes em um ambiente fechado e controlado reduz o risco de danos ou perdas devido a pragas ou condições climáticas adversas.

Cultivo de vegetais tolerantes ao frio em ambientes frios

As molduras frias são ideais para o cultivo de vegetais resistentes ao frio que podem suportar temperaturas mais baixas. Rabanetes, alface, escarola e cebolinha são excelentes candidatos para cultivo a frio. Outros vegetais tolerantes ao frio cultivados em ambientes frios incluem espinafre, couve e alface de inverno. Estruturas frias adequadamente construídas e gerenciadas podem fornecer um espaço protegido para o crescimento de culturas tolerantes ao frio durante todo o ano, independentemente das condições climáticas externas.

Utilizando coberturas de fileiras e cloches em conjunto com a estrutura fria

Armações frias podem ser usadas com coberturas de fileiras e cloches para fornecer proteção adicional contra pragas e intempéries. As coberturas das fileiras são tecidos leves colocados diretamente sobre as plantas para protegê-las das intempéries. Eles são frequentemente usados com molduras frias para criar um microclima ideal para o crescimento das plantas. Cloches, feitos de vidro ou plástico, são semelhantes às molduras frias, mas são menores e projetados para cobrir plantas individuais. Eles também são úteis para iniciar sementes e proteger plantas jovens de pragas e condições climáticas adversas.

Gerenciando pragas e doenças no quadro frio

Embora uma estrutura fria possa proteger as plantas de condições climáticas adversas e pragas, é essencial monitorar o ambiente regularmente. Uma boa ventilação é vital para manter as plantas saudáveis e reduzir o risco de doenças. Problemas como pulgões e moscas brancas podem ser evitados mantendo a área fria da estrutura limpa e livre de detritos. As inspeções regulares das plantas também podem ajudar os jardineiros a detectar problemas potenciais antes que se tornem graves.

Colheita de safras frias ao longo do ano

Com um manejo adequado, uma estrutura fria pode fornecer um fornecimento constante de produtos frescos durante todo o ano. Ao planear plantações sucessivas e selecionar culturas adequadas ao cultivo em regime frio, os jardineiros podem desfrutar de uma seleção diversificada de vegetais, ervas e outras plantas. A colheita regular ajudará a manter a saúde das plantas e a mantê-las produtivas. Além disso, alguns jardineiros podem usar a estrutura fria para armazenar raízes como cenoura ou beterraba, fornecendo produtos frescos durante os meses de inverno.

Como manter e cuidar de sua estrutura fria de cama elevada?

Como manter e cuidar de sua estrutura fria?

Manter e cuidar de sua estrutura fria é essencial para garantir que ela funcione de maneira eficaz, proteja suas plantas e dure anos. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a manter sua estrutura fria nas melhores condições.

Limpeza e desinfecção da estrutura fria entre as estações de cultivo

Antes de cada nova estação de cultivo, é essencial limpar e desinfetar completamente a estrutura fria para evitar a propagação de doenças e pragas que possam ter se acumulado ao longo do tempo. Comece removendo todos os restos de plantas, solo e ervas daninhas da estrutura. Em seguida, esfregue o interior e o exterior da moldura com uma solução de alvejante 10%. Enxágue abundantemente com água limpa e deixe secar completamente antes de adicionar novo solo e plantas.

Substituição de peças danificadas ou desgastadas da estrutura fria

Inspecione sua moldura fria regularmente em busca de sinais de danos ou desgaste, como vidros rachados ou quebrados, dobradiças ou travas soltas ou madeira empenada. Substitua as peças danificadas ou desgastadas antes que comprometam a eficácia da estrutura ou causem ferimentos.

Gerenciando ervas daninhas e pragas dentro e ao redor do Cold Frame

Ervas daninhas e pragas podem facilmente entrar no seu ambiente frio e danificar suas plantas. Mantenha a área ao redor da moldura livre de ervas daninhas e detritos e inspecione regularmente o solo e as plantas em busca de sinais de pragas, como pulgões, ácaros ou moscas brancas. Use métodos orgânicos para controlar ervas daninhas e problemas, como rotação de culturas, plantio complementar, colheita manual ou pulverização com repelente de pragas orgânico caseiro ou comprado em loja.

Armazenando adequadamente a estrutura fria durante o período de entressafra

Se você mora em uma área com invernos rigorosos ou não planeja usar sua moldura fria por um longo período, é essencial armazená-la adequadamente para protegê-la de danos. Remova qualquer terra ou planta da prateleira e limpe-a bem. Desmonte a estrutura, se possível, e mantenha-a dentro de casa ou coberta, como um galpão ou garagem. Cubra todas as peças de vidro ou plástico com plástico bolha ou outro material protetor.

Monitorando e ajustando regularmente a temperatura e a ventilação

Você deve monitorar e ajustar regularmente a temperatura e a ventilação para garantir que suas plantas prosperem no ambiente frio. Use um termômetro para monitorar a temperatura dentro da moldura e altere-a abrindo ou fechando a tampa ou usando material de sombreamento. Monitore os níveis de umidade dentro da moldura e adicione água conforme necessário. Certifique-se de ventilar a estrutura regularmente, especialmente em dias ensolarados, para evitar superaquecimento e danos às plantas.

perguntas frequentes

Quer saber mais problemas ao construir uma estrutura fria para cama elevada? Contate-nos.

P: O que é uma estrutura fria de cama elevada?

R: Uma estrutura fria com canteiro elevado é uma estrutura de jardinagem que combina os benefícios de um jardim com canteiro elevado com uma estrutura fria para prolongar a estação de cultivo. Ele fornece um ambiente protegido para as plantas prosperarem mesmo em temperaturas frias.

P: Por que devo usar uma estrutura fria para cama elevada?

R: Usar uma estrutura fria para cama elevada tem várias vantagens. Permite-lhe fazer jardinagem durante todo o ano, protege as suas plantas do frio e das geadas e prolonga o período de cultivo. Também fornece melhor controle sobre a qualidade do solo, drenagem da água e manejo de ervas daninhas.

P: Como faço para construir uma estrutura fria para cama elevada?

R: Construir uma estrutura fria para cama elevada é muito simples. Comece construindo uma cama elevada usando madeira tratada sob pressão ou outros materiais. Em seguida, prenda uma casa de arco ou estrutura em cima da cama. Por último, cubra a moldura com janelas antigas ou plástico transparente para criar um ambiente vedado.

P: Posso usar algum material para construir a cama elevada?

R: Embora você possa usar madeira tratada sob pressão ou outros materiais para construir o canteiro elevado, é essencial evitar o uso de materiais que possam liberar toxinas no solo. Se você estiver preocupado com isso, pode forrar o interior da cama com uma barreira, como plástico ou tecido paisagístico, para evitar o contato direto entre o solo e o material.

P: Qual deve ser a profundidade do solo em uma estrutura fria de canteiro elevado?

R: O solo em uma estrutura fria de canteiro elevado deve ter pelo menos 15 centímetros de profundidade. Isso permite o desenvolvimento adequado das raízes e volume de solo suficiente para o crescimento das plantas. No entanto, se você planeja cultivar vegetais ou plantas com raízes profundas, pode ser necessário aumentar a profundidade para 30 centímetros.

P: Como posso prolongar a temporada com um quadro frio?

R: Para prolongar a estação com moldura fria, mantenha-a fechada nas noites frias e aberta nos dias mais quentes. Isso permite que o calor do sol se acumule dentro da moldura, criando um microclima quente que protege suas plantas de temperaturas congelantes.

P: Posso usar uma moldura fria para iniciar as mudas?

R: Sim, uma moldura fria pode ser usada para iniciar as mudas. O ambiente fechado protege você das geadas do início da primavera e permite que você crie suas plantas no início da temporada. Apenas certifique-se de monitorar a temperatura e fornecer ventilação adequada para evitar superaquecimento.

P: Como posso garantir que minhas plantas não superaqueçam no ambiente frio?

R: É essencial monitorar a temperatura dentro da estrutura fria e fornecer ventilação adequada para evitar superaquecimento. Você pode fazer isso abrindo a parte superior ou as laterais da moldura durante os dias mais quentes ou instalando um termômetro para controlar a temperatura interna.

P: Posso usar cobertura morta sobre o solo na estrutura fria?

R: Você pode usar cobertura morta sobre o solo na estrutura fria. A cobertura morta ajuda a reter a umidade do solo, suprimir o crescimento de ervas daninhas e isolar as raízes das plantas. Certifique-se de não usar uma camada muito espessa, pois pode impedir que o solo receba luz solar suficiente.

P: Posso cultivar qualquer coisa em uma cama elevada e fria?

R: Embora uma estrutura fria de canteiro elevado seja adequada para o cultivo de várias plantas, ela é mais adequada para vegetais e ervas tolerantes ao frio. Algumas escolhas populares incluem alface, espinafre, couve, rabanete, cenoura e temperos como salsa e coentro. No entanto, verificar os requisitos específicos de cultivo das plantas que pretende cultivar é sempre uma boa ideia.

até

Blogueiro de jardinagem

Conheça Even, um ilustre colaborador da Green Giant. Com mais de uma década de experiência prática no nicho de cultivo de canteiros elevados, ela traz uma profundidade de conhecimento incomparável para nossa equipe. Sua experiência, aprimorada ao longo de anos de jardinagem experimental, oferece uma perspectiva perspicaz sobre os aspectos práticos e nuances desta forma única de horticultura.

Você pode gostar

Você sempre pode entrar em contato conosco!

Role para cima
logotipo

Envie uma consulta agora

Por favor preencha o formulário abaixo para nos enviar sua solicitação.

Responderei dentro de 24 horas.

Demonstração do formulário de contato